Brasileiras ficam fora do top 10 na temporada da Copa do Mundo de BMX

Com domínio total da Holanda, temporada da Copa do Mundo de BMX termina com os brasileiros de fora do top 10 mundial em 2019.

Santiago del Estero, na Argentina, encerrou o calendário da Copa do Mundo de BMX. Após 10 etapas realizadas ao longo do ano, Laura Smulders, da Holanda, foi declarada da grande campeã. Paola Reis foi a melhor brasileira e terminou no 11º lugar geral. Já Priscilla Stevaux foi a 18ª. No masculino, Renato Rezende terminou a temporada 2019 em 25º e Andinho foi o 27º. Ambos não competiram em uma das etapas ao longo do ano.

brasileiras-ficam-fora do-top-10-na-temporada-da-copa-do-mundo-de-bmx (1)
Foto: divulgação

Apesar de ficarem de fora do top 10, Paola Reis e Priscilla Stevaux terminaram a temporada 2019 com grandes atuações. Na 10ª e última etapa da Copa do Mundo de BMX, Paola terminou na 5ª posição, seguida por Stevaux na 6ª. Ambas disputaram todas as 10 etapas. Paola Reis teve dois 5º lugares como melhores resultados e ficou a uma posição das 10 melhores.

Priscilla Stevaux, com o sexto lugar na etapa de Santiago del Estero, alcançou seu melhor resultado logo na última etapa da Copa do Mundo de BMX.

No masculino, Renato Rezende fechou a temporada com um 17º na Argentina. Andinho ficou bem atrás, e fechou o ano com um 49º lugar. O campeão da Copa do Mundo foi Niek Kimmann, da Holanda. Ou seja, a Holanda ganhou nos dois naipes.

brasileiras-ficam-fora do-top-10-na-temporada-da-copa-do-mundo-de-bmx (2).jpg
Foto: Divulgação

Mais informações no site da UCI

Você também pode se interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.