Henrique Avancini anuncia aposentadoria

Henrique Avancini

Aos 34 anos, o maior atleta da história do ciclismo mountain bike do Brasil vai deixar as competições neste ano

Nesta terça feira, dia 22, aos 34 anos, Henrique Avancini anuncia sua aposentadoria. Principal atleta da história do país no mountain bike, o ciclista de Petrópolis anunciou nesta terça-feira, em São Paulo, que não vai mais competir profissionalmente a partir de hoje.

“Em 2020, terminei o ano como número 1 do mundo e, neste período, eu já estava sentindo algumas coisas mais pesadas. A temporada de 2021 começou a ficar ainda mais pesada até chegar o momento em que eu percebi que não estava fazendo as coisas com aquela mesma motivação que sempre tive. Parecia uma obrigação, mesmo eu sendo líder do ranking, correndo por uma grande equipe, feito meu nome, estabilizado na carreira e vencido eventos de Copa do Mundo. E isso não me trazia tanta motivação, não sentia o porquê de estar fazendo aquilo”, diz Henrique Avancini.

Avancini ficou na 13ª posição no mountain bike cross-country nas Olimpíadas de Tóquio, dois anos atrás. É a melhor colocação de um brasileiro na prova olímpica. Ele também conquistou, no início deste mês, o Campeonato Mundial na prova de maratona (XCM), em Glasgow, na Escócia. Foi a segunda vez que o brasileiro ganhou o mundial nesta distância (tinha ganho em 2018). Na prova de cross-country, no Mundial da Escócia deste ano, Avancini foi apenas o 45º colocado.

"As pessoas ainda não conseguem dimensionar o tamanho dessa vitória como eu consigo. Por tudo o que ocorreu por trás do título na Escócia. Eu comecei um novo projeto, eu criei minha própria equipe, uma equipe brasileira, primeira equipe latino-americana a ter e licença de elite da UCI (União Ciclística Internacional). E além disso tive um ano muito difícil, com uma lesão mais grave no joelho esquerdo, que me deixou durante pouco mais de dois meses com a preocupação de não dar sequência na minha temporada. E em um mês de preparação decente consegui reverter a temporada, de uma performance medíocre, mediana, para um título mundial - explicou Avancini na última quinta-feira, antes do anúncio da aposentadoria.

Avancini ainda foi vice-campeão mundial, em 2021, na prova de short track (XCC). Os títulos inéditos de Avancini para o Brasil também incluem uma etapa de Copa do Mundo no cross country (XCO)

No evento em que fez o anunciou oficial da aposentadoria, Avancini também lançou o documentário “O meu motivo”. Com cerca de 40 minutos de duração, o filme repassa a carreira de Avancini sob a ótica de suas dores e alegrias. Dirigido e editado por Gabriel Moraes, o documentário traz imagens de bastidores e entrevistas com Avancini e pessoas que fizeram parte da sua trajetória, como seu pai, Ruy, principal incentivador no ciclismo.

Documentário

Durante o evento em que oficializou sua aposentadoria, Avancini aproveitou a oportunidade para lançar o emocionante documentário intitulado “O meu motivo”. Com uma duração de aproximadamente 40 minutos, o filme retrata de forma abrangente a trajetória de Avancini, explorando tanto os momentos de adversidade quanto as alegrias vivenciadas ao longo de sua carreira. O documentário, habilmente dirigido e editado por Gabriel Moraes, oferece uma perspectiva única, revelando imagens de bastidores e apresentando entrevistas com o próprio Avancini, bem como com pessoas que tiveram um papel fundamental em sua jornada, como seu pai, Ruy, um dos principais incentivadores de sua carreira no ciclismo.

Veja o vídeo da coletiva de imprensa

Fotos divulgação Caloi / Cannondale / Fábio Piva / Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossos leitores.

Além disso você também pode se interessar:

1 comentário em “Henrique Avancini anuncia aposentadoria”

  1. Digo, sem o medo de errar, não haverá como substituir esse Mito, que com suas conquistas elevou a Régua do Ciclismo Brasileiro no Cenário Mundial.
    Parabéns Avancini.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.