Quando a recuperação se torna mais importante que o treinamento?

recuperação

Recuperação – Existem muitos fatores além das respostas físicas e fisiológicas ao treinamento que devemos considerar ao planejar uma rotina de treino. Muitas vezes o treinador assume um papel de conselheiro, mentor e protetor. Não é incomum o treinador ter que treinar seus atletas sem pressioná-los para ganho de desempenho, então a questão: 

Quando devemos priorizar a recuperação em vez do treinamento? 

Humor e motivação são um dos indicadores de disposição para o treino. É importante conhecer-se bem, pois se estiver se sentindo incomumente fraco e com pouca energia, simplesmente tire um dia ou dois de folga do treinamento, verifique se o seu humor e a motivação estão estáveis. 

Lesões 

É importante estabelecer diretrizes gerais sobre a avaliação de lesões para estabelecer dessa maneira um relacionamento seguro e saudável entre treinador e atleta, saber quando pedir ajuda de um profissional, como um médico ou fisioterapeuta, é uma parte importante da manutenção da saúde. 

É importante estabelecer linhas de comunicação honestas e abertas. 

Há igualmente muitas coisas que você pode fazer para manter e até maximizar o seu desempenho dependendo da lesão. Isso inclui planejar o tempo gasto na sala de musculação, corrigindo desequilíbrios musculares e identificando limitadores que reduzem o potencial. Enquanto está se recuperando, mantenha foco e envolvido na recuperação. Mas se não houver restrições, procure atividades de resistência cardiorrespiratória que impõem menos impacto como caminhadas, natação e / ou elípticas. Mais importante, permita que a dor guie seu plano de recuperação. 

Ambiente 

Muito possivelmente o parâmetro mais importante para saber se você está pronto para o treino é o ambiente ao redor. Certamente haverá momentos em que estará com alta carga de treinamento. Mas é essencial percebermos quando estamos cheio de outras coisas: trabalho, família, eventos sociais etc. 

É importante controlar a carga de treinamento para permitir que se encaixe em seu ambiente. Inegavelmente as vezes precisamos e devemos recuar um pouco ou ficaremos sobrecarregado, exausto e sem a motivação. 

Fatores não negociáveis ​​

De um modo geral, atletas são pessoas altamente motivadas e autocríticas, que desejam intensamente realizar e executar o treinamento da melhor maneira possível. 

Isso é ótimo para corridas, mas pode ser ruim para a saúde geral. 

Entretanto no caso em que claramente excedemos nossos limites muitas vezes negligenciando fatores ‘não negociáveis’ como nutrição, sono, estresse e movimento. Eles desempenham um papel não apenas na vida do indivíduo, mas também em sua disposição para treinar. 

nutrição
Foto reprodução

NUTRIÇÃO 

Nossa dieta ajuda o corpo a reparar os tecidos danificados e a equilibrar a energia ao longo do dia. Contudo se o atleta não tiver uma relação positiva com a alimentação ou uma dieta equilibrada, muitos fatores associados ao treino serão prejudicados. 

SONO 

O sono é a melhor modalidade de recuperação, pois libera hormônios que ajudam o corpo a se adaptar ao estímulo de treinamento do dia anterior. Avalie e reavalie continuamente os hábitos de sono ao longo do ano ou temporada para garantir que esteja dormindo o suficiente. 

ESTRESSE 

Estresse = estresse, independente da origem.

Se estiver constantemente em um ambiente de alto estresse, inegavelmente isso afetará negativamente o relacionamento de longo prazo com o esporte e poderá repercutir no trabalho e na vida doméstica.

recuperação
Foto reprodução

MOVIMENTO – MOBILIDADE 

É importante que você esteja pronto para treinar. Avalie suas lesões atuais e anteriores, submetendo-as a uma avaliação básica dos movimentos e avaliando sua mobilidade assim como a resposta ao treinamento. É importante ter atenção na forma de correr, posição da bicicleta, postura, etc. 

Movimento de qualidade trará treinamento de qualidade. 

Em resumo, use uma abordagem multidisciplinar para treinar. É importante uma lista de fatores não negociáveis ter um programa de treinamento flexível e sempre variável para garantir a saúde diária e a longo prazo.

Assim deixe seus comentários e vamos conversando mais sobre.
Grande abraço galera e vamos juntos nessa jornada.

Italo Valu
Treinador de Triathlon ; Graduado em Ed Física
Treinador Certificado IronMan;
CBTRI Nível 2; Training Peaks
valubikes@gmail.com
Instagram: @VALU_TRI
Facebook: Valu Triathlon
SITE: www.Valutri.com

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.