Velódromo Olímpico | EGLO e CBC estudam parceria para uso

Velódromo
Intenção é que a estrutura fique disponível para atletas profissionais e iniciantes na modalidade

Escritório de Governança do Legado Olímpico recebeu, na tarde da última quarta-feira (16.12), o presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), José Luiz Vasconcellos, e o Gestor de Alto Rendimento da entidade, Fernando Fermino. Pelo lado do EGLO, estiveram presentes Mauricio Pelegrineti e Glaucia Jacob.

A intenção das entidades é um Acordo de Cooperação Técnica para gestão do Velódromo do Parque Olímpico da Barra pela CBC. Dessa forma com foco na realização de treinamentos das equipes brasileiras visando à preparação para grandes eventos agendados para 2021. Mas também para a detecção de novos talentos.

A parceria prevê uma relação sem repasse de recursos. Entretanto pautada pela expertise da confederação, com apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), em ter a qualidade técnica para a ocupação do espaço do velódromo. Dessa forma utilização da estrutura em busca de resultados esportivos aos atletas brasileiros e pela busca do EGLO em dar finalidade esportiva frequente aos equipamentos do Parque Olímpico sob sua gestão.

Velódromo
Representantes do EGLO e da CBC no velódromo
Crédito: Divulgação

A gestão técnica da confederação não impede que o velódromo tenha eventos de outras modalidades e de outras finalidades, até porque a área central da arena é de múltiplas funções.

O Escritório de Governança do Legado Olímpico é vinculado à Secretaria Executiva do Ministério da Cidadania, criado por meio do Decreto nº 10.154, de 4 de dezembro de 2019. Em 30 de junho de 2020, a atuação se prorrogou por meio do Decreto nº 10.408. A entidade é responsável pela gestão do velódromo, do Centro Olímpico de Tênis e das Arenas Cariocas 1 e 2, no Parque Olímpico da Barra.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.