Atenção com o coração é importante e nunca demais

coração

Fala Galera, hoje o assunto é sério.

Vamos falar sobre riscos ao coração e vem à tona mais uma vez com o anúncio do ataque cardíaco do atleta profissional TIM O`DONNEL, no Challenge Miami, prova que aconteceu em março.

Nós, atletas amadores estamos a alguns quilômetros e as vezes horas atrás desses superatletas, mas assim como eles, também estamos puxando-nos ao limite e expondo nosso sistema a muito stress, com origem no esporte e em nossa rotina diária.

ROTINA PESADA, DIA APÓS DIA

Acordar na madrugada para treinar, ir trabalhar correndo e as vezes fazer uma segunda sessão de treino no fim do dia.

Essa é a rotina de muitos atletas amadores e não tem nada de errado com isso, mas devemos ter muito cuidado e atenção a nossa condição de saúde e adequação do descanso, pois se você treina buscando seu melhor, acredite, você não está longe de uma situação limítrofe.

DEVEMOS FICAR ATENTOS A ALGUMAS SENSAÇÕES:

Coração acelerado: qualquer aceleração contínua do coração sem razão.

Pressão ou dor torácica: Principalmente pressão ou dor que piora com o esforço.

Respiração difícil: respiração difícil e desproporcional ao esforço (todos respiram com dificuldade ao subir ladeiras ou correr).

Desmaio ou quase desmaio: algo mais sério do que a tontura diária que você pode sentir após um grande esforço ou ao levantar rápido.

ESSES SINTOMAS SÃO SÉRIOS SINAIS DE ALERTA E NÃO DEVEM SER NEGLIGENCIADOS.

Todos esses sintomas justificam uma consulta IMEDIATA com seu médico.

Se sentir estes sintomas, interrompa o treinamento até ser avaliado por um profissional.

Os sinais de alerta secundários incluem sensações que não são normais, mas geralmente menos preocupantes:

Palpitações: Saltos ou variações do ritmo cardíaco.

Baixo nível de energia: uma diminuição na energia é sinal de alerta. Existem muitos motivos para a baixa de energia, incluindo variabilidade natural, overtraining e condições médicas.

Excesso de fadiga: como a baixa potência, a fadiga generalizada pode ser causada por vários fatores e é um dos sintomas menos especificos. As causas variam de sono, falta de descanso adequado ou overtraining a uma série de outras condições médicas ou nutricionais.

Excesso de irritabilidade: a irritabilidade costuma ser um sinal de excesso de treinamento ou nutrição inadequada, mas os pacientes com arritmia ou outras condições médicas costumam dizer que são irritáveis.

O recomendado para todos é uma verificação anual completa do coração, mas para atletas o “ideal” seria a cada seis meses. Caso você tenha histórico de doenças cardíacas na família a atenção deve ser redobrada.

E aí gostou?

Compartilhe, comente e vamos conversando mais sobre.

Grande abraço e vamos juntos nessa jornada.
Italo Valu
Treinador de Triathlon ; Graduado em Ed Física
Treinador Certificado IronMan;
CBTRI Nível 2;
Training Peaks
valubikes@gmail.com
Instagram: @VALU_TRI
Facebook: Valu Triathlon
SITE: https://www.trainingpeaks.com/coach/valutri

Foto divulgação, Photo by Designecologist on Pexels.com

Aviso: Se você é o detentor dos direitos autorais das imagens utilizada nessa matéria, entre em contato para que possamos dar os devidos créditos ou retirar, caso assim seja necessário.

Além disso você também pode se interessar:

Clique aqui e veja os descontos que nossos parceiros concede para nossa audiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.